O sonho acabou…

9 de janeiro de 2009

 

Acabaram-se as férias…

O sonho acabou…

E olha com o que eu estava sonhando:

Maré baixa na praia de Carneiros

Maré baixa na praia de Carneiros

Carneiros estava linda! O sol estava perfeito! A hospedagem, demais! E a cevação (ato de engorda de animais no nordeste) foi brutal!

Mas, vamos começar pelo começo…

Chegamos em Maceió às 2h da matina. Sentir aquele calorzinho nordestino foi uma sensação ótima, me senti como se chegasse em casa e recebesse um abraço quente de mãe.

Já com o pé na estrada, rumo a Carneiros

Já com o pé na estrada, rumo a Carneiros

 Saímos da locadora com nosso carrinho e fomos comprar uns “víveres”, do tipo: água, Toddynho, biscoito, iorgurte…

A estrada estava boazinha, com um trecho bem ruim de São Luís do Quitunde a Barra do Camaragibe, muitos buracos…

A rota ecológica continua linda! Com seus moradores caminhando calmamente pela estrada sem calçada, os cães dormindo em forma de bolinha em algum montinho de areia, as crianças brincando no alpendre das casas… Tudo igualzinho! Lindo!

Chegando em Porto de Pedra a balsa estava nos esperando, foi uma travessia privê:

Na balsa em Porto de Pedra

Na balsa em Porto de Pedra

Chegamos em Carneiros às 8h30 da manhã. O quartinho já estava nos esperando, prontinho e lindo como sempre. Foi só o tempo de trocar de roupa e partir pra praia.

Carneiros, apesar de continuar linda, está sendo invadida por turistas de Porto de Galinhas que vêm passar o dia. E são muitos! A maioria vai pro Bora Bora, chegamos a contar umas 200 pessoas desembarcando dos catamarãs, fora os que vão pro Bar da Prainha ou pro Arikinbar… Então, das 10h até as 3h30 tinha gente saindo pelo ladrão.

Mas não há gente neste mundo que possa acabar com uma paisagem tão linda assim:

Coqueiro fazendo charme em Carneiros

Coqueiro fazendo charme em Carneiros

Olha que pontal mais lindo!

Olha que pontal mais lindo!

Maré baixa no paraiso

Maré baixa no paraíso

Pedras do Pontal

Pedras do Pontal

E a vista do meu bungalow? Nem te conto! Só te mostro:

Era isso que eu via quando olhava da janela...

Era isso que eu via quando olhava pela janela...

E como não tinha nada pra fazer, bora tirar foto!

Felizes em Carneiros

Felizes em Carneiros

Contemplando Carneiros

Contemplando Carneiros

Contemplativa

Contemplativa

A tradicional foto "Carneiros maré baixa"

A tradicional foto "Carneiros maré baixa"

Só as 8h pra não ter ninguém...

Só as 8h pra não ter ninguém...

Mais uma da tradicional...

Mais uma da tradicional...

Wal só tem olhos pra mim...

Wal só tem olhos pra mim...

E assim se passaram 14 dias…
Dia 2, Carol e Rochinha chegaram para a nova fase da viagem: São Miguel dos Milagres em Alagoas. A viagem foi tranquila. Foram quatro dias comendo, comendo, comendo… A Pousada da Amendoeira mudou de mãos, mas não de estilo. Tudo igualzinho, até o cardápio – salvaram meu prato Oriente – e o café da manhã continua o mesmo… Meu chalezinho também estava igualzinho. Uma graça!
Nossa casa na Pousada da Amendoeira:
Nossa casa por 4 dias...

Nossa casa por 4 dias...

A flor que dá nome ao meu chalé, Alamanda:
Alamanda

Alamanda

Dia 4 fomos de bicicleta até a praia de Riacho:
Praia de Riacho, de bicicleta!

Praia de Riacho, de bicicleta!

A galera de bicicleta!

A galera de bicicleta!

E foi assim!
Tudo perfeito!
Agora é começar nova contagem regressiva para as próximas…

30 dias para voltar ao paraíso…

19 de novembro de 2008

Hoje começa a contagem regressiva para voltar ao meu paraíso.

Meu paraíso tem nome e endereço certo: chama-se PRAIA DE CARNEIROS, e fica em Tamandaré, litoral sul de Pernambuco. É meu paraíso, pois reúne todos os requisitos “morena” de uma boa praia: areia clara e durinha, água quente (tem que ser quente mesmo), cor do mar com vários tons, quase ou totalmente deserta, alguma (pouca) infra de barzinho e nenhuma atração (ou seria distração?) que não seja a própria praia.

Nossa primeira vez foi em janeiro de 2005, estávamos hospedados em São José da Coroa Grande/PE, e fomos direto ao Bora Bora. Nossa primeira impressão (que foi a que ficou) foi essa:

 
1ª vez na Praia dos Carneiros

Ainda na 1ª vez

Ainda na 1ª vez

No rasinho de Carneiros

No rasinho de Carneiros

 A maré estava baixa e revelou aquela areinha branca linda…

Praia de Carneiros - parte mar

Praia de Carneiros - parte mar

 No fim da tarde, a maré tinha subido e revelou a verdadeira praia de Carneiros, onde a sombra do coqueiro se põe sobre o mar:

Foto titulo

Foto título

No fim do mesmo ano, dia 31/12/2005, lua nova bombando, estávamos eu e Wal esperando a maré subir no Bora Bora…

Maré baixa em Carneiros

Maré baixa em Carneiros

 E a maré subiu mesmo!!!

Maré alta em Carneiros (mesmo lugar, 6 horas depois)

Maré alta em Carneiros (mesmo lugar, 6 horas depois)

 Final de 2006 e nós lá, de novo… Fazendo as mesmas coisas de sempre…

Tradicional - sombra do coqueiro

Tradicional - sombra do coqueiro

A estrutura começa a melhorar com novas opções. Abaixo, o bar Arikindá:

De boa em Carneiros

De boa em Carneiros

Estandarte

Estandarte

 2007 começou com um grande movimento na praia, olha como estava dia 1º de janeiro, na frente do Bora Bora:

 Marina - do mar

Marina - do mar

 No fim 2007, enfim, ficamos onde sempre sonhamos: no Pontal dos Carneiros:

O bungalow dos meus sonhos e eu nele

O bungalow dos meus sonhos e eu nele

Nosso quarto - Nº 12

Nosso quarto - Nº 12

 Passávamos na frente dos bungalows, pensando se algum dia poderíamos ficar hospedados ali… E não é que pudemos…

Pecado na igreja

Pecado na igreja

Alto mar

Alto mar

Tradicinal - Sombra do Coqueiro - Parte III

Tradicional - Sombra do Coqueiro - Parte III

 Só posso, agora, contar os dias pra voltar ao paraíso e curtir mais 14 dias de sombra e água quente…


Fernando de Noronha

12 de novembro de 2008
 

Viagem surpresa.  

Depois de muita insistência consegui convencer o Wal que esta era a hora de ir pra Fernando de Noronha.  

E para completar a alegria, presença de Lulu, Carol e Carlinha.  

A chegada é realmente impressionante, você está no meio do nada, o avião não voa muito alto, só mar e céu e de repente ela aparece já grande na janelinha do avião…  

Uau!!!

Sem palavras…  

Viagem de mergulhador, esquema mergulhador*, pousada de mergulhador (Pousada do Rocha – limpinha, mas não recomendo)…  

Cheguei chegando!  

Só alegria!

A instalação foi a mais rápida possível.  

Deixa as coisas no quarto, põe, aluga o buggy e…  

PRAIA!  

Batismo

Dia seguinte, cedinho – no esquema mergulhador*, check out do curso de mergulho no melhor point do do Brasil vide:  

http://viagenseventuras.wordpress.com/2008/11/10/diving-em-noronha/  

Foi uma experiência incrível, uma das melhores da minha vida. O azul e o silêncio são uma combinação e tanto.  

Depois do bom vem o ótimo: PRAIA!  

Sol a pino na Cacimba do Padre

E o melhor da Cacimba do Padre é descobrir o paraíso que é a Baia dos Porcos, que apesar do nome é superfotogênica.  

Descoberta do paraíso

Linda!

 Também tem Sueste, que quando fomos estava tão tranquila que tinha um mar de sargaço…  

Sueste

 Praia do Leão:  

Praia do Leão

 Mas a princesinha de Noronha é a praia do Sancho:  

Sancho

 Não é, com certeza, uma praia geriátrica, o caminho (de buggy) é longo e pedregoso, a descida até a praia é bem punk e a subida depois, haha. Prepare-se. Tem que ir! É o melhor point para um banho em outubro/novembro.  

O entardecer é encantador, principalmente entre amigas…  

Amigas

O pôr-do-sol é um assunto a parte, sempre lindo.  

Pôr-do-sol do Forte

 DICAS: 

– Leve dinheiro vivo. O único caixa é do Banco Real, a maioria dos estabelecimentos aceita cartão, mas se não estiver funcionando, já viu. 

– Apesar da ilha ter apenas 7km de extensão, não dá pra andar à pé para as praias, tem que alugar um buggy, pagamos R$80, mais R$135 para encher o tanque. 

– Tudo tem um preço inflacionado, afinal, é uma ilha a mais de 400km do litoral. Prepare-se. 

– Leve tudo para a praia (água, comida, protetor…) poucas praias têm barracas. 

– Na praia, cuidado com as mabuias (lagartixas) que ficam nas pedras, elas vão tentar comer o que você trouxe na mochila. 

– Se quiser ficar bem instalado, vai ter que pagar caro. Barato só nas pousadas ‘familiares’, que deixam a desejar no conforto e privacidade… 

*ESQUEMA MERGULHADOR: análogo ao militar, acorda as 6h30 (pelo menos não precisa tomar banho antes – hahahahaha), 7h toma café, 7h30 chega o carrinho da operadora, 8h estamos entrando no barco, preparação do equipamento, briefing, 1ª parada, mergulha, volta pro barco, prapara o equipamento, 2ª parada, mergulha, volta pro barco, terra firme e aí já são 12h.