Reveillon – decepção

19 de janeiro de 2009

Esqueci de comentar minha festa de reveillon…

Que decepção!

Foi horrível… Horrível mesmo. Talvez tenha criado muitas expectativas e principalmente os outros (colunistas e jornalistas), mas foi realmente ruim.

Explico-me:

Na montagem da festa já comecei a ficar preocupada. As cadeiras e mesas eram de plástico. Me lembrei na hora de Ricardo Freire (“cadê o Ric pra ver isso?” eu me perguntava). Achei, sinceramente que iriam cobrir as mesas com algum tecido, afinal, na propaganda disseram que seria o reveillon mais “chique” da região… Sei. No fim, as mesas de plástico amarelo dominaram.

Aliás, o plástico dominou completamente a festa do Beijupirá. Os pratos, os talheres, os copos… Que horror! Tudo o que se colocava dentro do prato ficava ruim ou pelo menos feio…

As filas… Quem já viu festa chique com fila? É, fila pra pegar comida! Ah, não… Só me mantive na fila porque estava realmente com fome e pra quê? Pra comer pão murcho e salaminho… Festa chique, sei…

Convidados que estivessem sentados em mesa tinham direito a uma garrafa de espumante, uma de vodca e outra de uisque… Não tomamos nem a espumante, demos os tiquetes para o segurança, que deve ter ficado feliz e bêbado da vida! Hahahaha

Como eu era vizinha da festa achei o som muito alto, mas nada que meu sono e um ar condicionado não resolvessem, mas ainda assim a orquestra só parou de tocar às 6h da matina, foi foda!

Eu fui dormir rapidinho… Festas para os filhos de “paínho” são realmente um saco, não tenho mais saco, não…

Acordei para tomar o café da manhã umas 5h, na mesma hora que o sol nasce. Mais uma decepção… Além da fíla de bêbados e principalmente de bêbadas, filhos e filhas de  “paínho”, gritando e dançando, o café foi mais que decepcionante… Eu só tive coragem de comer frutas. Os pães eram os mesmos servidos antes do jantar, quer dizer, pão dormido… O café, digo, o chafé tava aguado… E o leite? Urgh, quase vomitei…

E pra fechar com chave de ouro (ouro mesmo), bem na hora que a orquestra parou de tocar começou uma briga… Hahahaha Foi bofete pra todo lado! Hahahaha Eu só fiquei com medo de tiro… Mas foi legal ver o povo “apanhado”, sangrando, deitado no chão… E pergunta se a segurança fez alguma coisa… Fez nada! Imagina alguém ganhar ’50 conto’ pra dar a cara a tapa e segurar um bando de bebuns de fim da festa, eu heim! Eu também não faria nada! Hahahaha

Resumindo, espero que no fim deste ano não tenha festa nenhuma pro dia, enfim, nascer feliz!

Anúncios

O sonho acabou…

9 de janeiro de 2009

 

Acabaram-se as férias…

O sonho acabou…

E olha com o que eu estava sonhando:

Maré baixa na praia de Carneiros

Maré baixa na praia de Carneiros

Carneiros estava linda! O sol estava perfeito! A hospedagem, demais! E a cevação (ato de engorda de animais no nordeste) foi brutal!

Mas, vamos começar pelo começo…

Chegamos em Maceió às 2h da matina. Sentir aquele calorzinho nordestino foi uma sensação ótima, me senti como se chegasse em casa e recebesse um abraço quente de mãe.

Já com o pé na estrada, rumo a Carneiros

Já com o pé na estrada, rumo a Carneiros

 Saímos da locadora com nosso carrinho e fomos comprar uns “víveres”, do tipo: água, Toddynho, biscoito, iorgurte…

A estrada estava boazinha, com um trecho bem ruim de São Luís do Quitunde a Barra do Camaragibe, muitos buracos…

A rota ecológica continua linda! Com seus moradores caminhando calmamente pela estrada sem calçada, os cães dormindo em forma de bolinha em algum montinho de areia, as crianças brincando no alpendre das casas… Tudo igualzinho! Lindo!

Chegando em Porto de Pedra a balsa estava nos esperando, foi uma travessia privê:

Na balsa em Porto de Pedra

Na balsa em Porto de Pedra

Chegamos em Carneiros às 8h30 da manhã. O quartinho já estava nos esperando, prontinho e lindo como sempre. Foi só o tempo de trocar de roupa e partir pra praia.

Carneiros, apesar de continuar linda, está sendo invadida por turistas de Porto de Galinhas que vêm passar o dia. E são muitos! A maioria vai pro Bora Bora, chegamos a contar umas 200 pessoas desembarcando dos catamarãs, fora os que vão pro Bar da Prainha ou pro Arikinbar… Então, das 10h até as 3h30 tinha gente saindo pelo ladrão.

Mas não há gente neste mundo que possa acabar com uma paisagem tão linda assim:

Coqueiro fazendo charme em Carneiros

Coqueiro fazendo charme em Carneiros

Olha que pontal mais lindo!

Olha que pontal mais lindo!

Maré baixa no paraiso

Maré baixa no paraíso

Pedras do Pontal

Pedras do Pontal

E a vista do meu bungalow? Nem te conto! Só te mostro:

Era isso que eu via quando olhava da janela...

Era isso que eu via quando olhava pela janela...

E como não tinha nada pra fazer, bora tirar foto!

Felizes em Carneiros

Felizes em Carneiros

Contemplando Carneiros

Contemplando Carneiros

Contemplativa

Contemplativa

A tradicional foto "Carneiros maré baixa"

A tradicional foto "Carneiros maré baixa"

Só as 8h pra não ter ninguém...

Só as 8h pra não ter ninguém...

Mais uma da tradicional...

Mais uma da tradicional...

Wal só tem olhos pra mim...

Wal só tem olhos pra mim...

E assim se passaram 14 dias…
Dia 2, Carol e Rochinha chegaram para a nova fase da viagem: São Miguel dos Milagres em Alagoas. A viagem foi tranquila. Foram quatro dias comendo, comendo, comendo… A Pousada da Amendoeira mudou de mãos, mas não de estilo. Tudo igualzinho, até o cardápio – salvaram meu prato Oriente – e o café da manhã continua o mesmo… Meu chalezinho também estava igualzinho. Uma graça!
Nossa casa na Pousada da Amendoeira:
Nossa casa por 4 dias...

Nossa casa por 4 dias...

A flor que dá nome ao meu chalé, Alamanda:
Alamanda

Alamanda

Dia 4 fomos de bicicleta até a praia de Riacho:
Praia de Riacho, de bicicleta!

Praia de Riacho, de bicicleta!

A galera de bicicleta!

A galera de bicicleta!

E foi assim!
Tudo perfeito!
Agora é começar nova contagem regressiva para as próximas…

Solstício de verão

8 de janeiro de 2009

 

dianoite

O verão tem início dia 21 de dezembro, às 9h04 (horário de Carneiros), com o solstício de verão no hemisfério sul (e de inverno do hemisfério norte), será o dia mais longo do ano.

É dia de celebrar a vida e a luz: a grande festa do sol!

A palavra solstício vem do latim e significa “sol parado”. Ocorre que o sol se movimenta no céu e cada dia ele nasce numa posição diferente no céu, mas mais ou menos 2 dias antes do solstício de verão o sol nasce no mesmo ponto no horizonte, voltando a se movimentar após o solstício.
Incidência do sol no solsticio de verão no hemisfério sul

Incidência do sol no solstício de verão no hemisfério sul

As estações do ano são formadas devido à inclinação da terra em relação ao sol. E, neste dia, ele incidirá perpendicularmente sobre o trópico de capricórnio.
Este ano tirei fotos do dia amanhecer do dia 21, acordei bem cedinho – 4h40 – e corri pra praia. Olha só:
Solsticio
Solsticio
Solsticio
Solsticio
solsticio4
Enfim, adoro o verão, o sol e o calor que ele gera e estou muito feliz de poder estar aonde eu gostaria de estar.
Merece um post!